Covarde

Covarde

Eu sou um covarde

porque prefiro explodir

a gritar para o mundo inteiro

que não importa mais nada

porque eu te amo e pronto

Eu sou um covarde

quando tomo remédio pra dormir

em lugar de sair correndo pra você

sem me importar se me recebe ou não

Eu sou um covarde

por não lutar por isso que isso que sinto

assim como por qualquer outra coisa

que quis nessa vida

e você é mais, bem mais que qualquer coisa

Falta você aqui, agora

E eu tenho medo que não passe

Eu já implorei pra Deus

por que não consigo mais

e duvidei, por ele não escutar

Eu tive raiva, eu tenho raiva

de quem possa te tocar

Até quando?

Até quando?

Ah, eu queria secar de vez

ou ter seu cheiro de novo,

só que por períodos maiores

quem sabe pra sempre

um pra sempre de uma noite inteira

para eu ter um tanto mais que recordar.

(David Felipe)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s