FÔLEGO – 9. Nescafé

Nescafé

“Eu cuspo nescafé
E você chora leite de manhã
Amarro o meu sapato e tu veste o sutiã
Cadê o nosso amor?
Me diz onde vou correndo pegar o bonde
Que linha liga o teu coração ao meu?”

(Alexandre Kumpinski/Ian Ramil/Diego Grando/Marcelo Souto)

 

Está tudo desmoronando e eu jamais quis que fosse assim. Eu não sou forte o bastante para entender nem sentir isso que machuca e quanto. Eu não posso dizer que isso se reverterá em raiva porque eu não consigo.

Dói de um jeito que não adianta eu me reinventar para amenizar uma linha que seja. Eu queria saber viver mais em sossego. Não pode ser que só com adrenalina que a vida tenha sentido. E nem penso em segurar porque depois dos segundos do que eu chamo de pequeno choque, a água verte sozinha sobre meu rosto e já mordo os lábios sem ser consciente.

Eu costumo dar os sinais errados parecendo ser o certo. Assim quando damos a seta prum lado e viramos para o outro. Só pode dar merda mesmo. O grande erro em sentir demais.

Eu não sei mais de que bolacha você gosta no café da tarde. Na verdade, eu nunca te perguntei nada sobre isso. Você toma café?

Depois da sequência toda de palavras em tom de quase loucura,mas totalmente consciente, ele abotoou os dois últimos botões da camisa, que ela desmanchou com a raiva guardada toda até ali.

Ah, e onde fora parar todo aquele amor? Não era culpa da rotina. Afinal, por semanas o sexo parecia o mais incrível de todos os tempos, com toda poesia a que tiveram direito. Os beijos foram especiais, cada suspiro, cada palavra contida no momento do gozo.

Sim, a culpa dos que amam demais vindo à tona.

A desconfiança, o ciúmes, o esquecer de amar-se por amar no outro.

Fato foi que ele saiu sem dizer nada. Ele a beijou, como se o discurso dela nada tivera sido e ela não refutou.

À porta, ele respirou fundo, deixou que uma única lágrima caísse e sorriu ligeiro para si mesmo diante do retrovisor do carro. Partiu.

 David Felipe

 (Continua)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s