FÔLEGO – 2. Gardênia Branca

Gardênia Branca

“E o povo pode até falar do nosso caso

Mas eu não ligo, pois a conheço bem

Essa nega de noite quando deita na cama

Dorme tranquila, pois não deve a ninguém”

(Filipe Catto)

 

E que os outros falassem o que quisessem. Não havia interesse no mundo lá fora quando havia um mundo ali, independentemente de seus sentidos. E que os corpos falassem e não tivessem medo do proibido, do ser feio ou coisa assim. Que os outros dessem conta de suas vidas.

O mundo particular pegava fogo sim e se deixava queimar da febre de tanta paixão, sem receio de beirar a patologia. Era nesse momento que existiam e ele podia rir sem censura. Ela tem histórias tão encantadoras quanto as de Sherazade a encantar seu sultão. Jamais cairiam num clichê. Pelo menos até ali.

Achavam pouco e vil o que ela seguia fazendo – esperá-lo todos os dias. Mas não. Fazia para sentir-se igualmente viva, até a última gota de suor que viesse do regozijo ou da lágrima que secasse antes de cair, fosse de gozo ou momentâneo sofrimento.

Dava a hora de chegar e ela lá, com as mãos prontas para os afagos infinitos, dizendo seu nome alto e o coração palpitando para seguir um único ritmo. E não, não achavam que isso fosse um clichê.

A flor enfeitando o cabelo da moça é mais um presente a brindar os fechamentos de dia, adornando a beleza jovem de menina. Ela não é como a carne de consumir e descartar em qualquer canto. Ela vai além disso, e sabe. Estar com ela é perder o medo de qualquer mentira que cheire a resina e irrite as narinas. Ali, não há jogos, há amor bom de adornar os becos dentro dos corações.

E a poesia e as boas notas musicais só vêm a colaborar com a experiência de estar de volta ao êxtase trazido do aroma das flores puras, embora malditas por parte de uma população torpe presa ao valores que escapam ao tempo dos avós, em que se fabricavam bebês sem o prazer de brincar.

O branco é o êxtase dos que se permitem. O branco é vida em pé de igualdade a algum sentido que vem a se dar a essa experiência. Ela traz a linda flor branca dentro do seu coração.

David Felipe

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s